WhatsApp%20Image%202020-11-10%20at%2010.

Lugar de cavalo, não é em carroça!

O INSTITUTO DE PROTEÇÃO ANIMAL SALVADORES implantará no município de Taquari/RS, a primeira ação voltada ao bem-estar de equinos, realizando a troca de um cavalo usado para tração, por um mecânico.

A compra do triciclo se deu através de um programa do Fórum Nacional de Proteção e Defesa Animal - FNPDA, “Incentivo Celina Valentino”, que tem a finalidade de dar concessão e auxílio financeiro para organizações afiliadas ao Fórum, além suporte às iniciativas de proteção e defesa dos animais. 

Como afiliada desde junho de 2018, A ONG SALVADORES apresentou dois (2) projetos, sendo um destinado exclusivamente para castração de “x” número de gatos e um que substitui um cavalo usado por papeleiros para tração, por um veículo de carga de tração manual/força, fazendo com que o tutor não mais utilize um animal senciente em serviços. 

Na edição do programa em 2020, foram 3 projetos selecionados que conquistaram um incentivo de R$ 3.500,00 cada. São eles:

A) Projeto de Contracepção de Cães e Gatos, da Hachi Ong de Blumenau/SC; 
B) Programa de Reabilitação e Soltura de Peixes-Boi, da AMPA de Manaus/AM;
C) Projeto Cavalo substituído por Lata, do Instituto de Proteção Animal os Salvadores, de Taquari/RS.

Ambos passaram por um processo seletivo realizado por comissão avaliadora, médico/veterinária do Fórum e que seguiram os seguintes critérios:
a) Consistência teórico-metodológica;
b) Objetividade e eficácia do trabalho a ser realizado;
c) Relevância para a proteção animal.

O triciclo foi comprado com o valor recebido do programa+ recursos próprios (de eventos e brechós que a ONG SALVADORES realiza).

Ele já está em Taquari e prontinho para ser usado. 

Estamos só desenvolvendo um edital de chamamento, para que interessados em trocar o cavalo pelo triciclo, possam se inscrever. 

A ONG SALVADORES acredita que essa iniciativa possa ser adotada pelas empresas privadas, onde cada uma poderá doar um triciclo e manter a propaganda do negócio na lateral.

Não foi utilizado nenhum dinheiro publico para esse incentivo.