sábado, 3 de novembro de 2018

HÁ 61 ANOS LAIKA MORRIA NO ESPAÇO! UMA GRANDE CRUELDADE.

HÁ 61 ANOS LAIKA MORRIA NO ESPAÇO!

Laika foi uma cadela que participou do Programa Espacial Soviético. Ela foi treinada para ser mandada ao espaço com a intenção de descobrir se num ambiente de microgravidade haveria possibilidade de manutenção da vida. O seu treinamento teve como base a adaptação a um ambiente cada vez menor durante 21 dias, levando ao estresse e emagrecimento de Laika. No espaço uma vez estabelecido que havia possibilidade de vida na microgravidade, o passo seguinte seria o assassinato de Laika, que seria por administração de comida envenenada ou asfixia. Porém a morte de Laika ocorreu antes do previsto, aproximadamente de 5 - 7 horas após o lançamento no dia 3 de novembro de 1957. Acredita-se que Laika morreu por estresse extremo e hiperaquecimento na cabine por falha no sistema de refrigeração.
Que seu martírio nunca seja esquecido! #OsSalvadores #ChegaDeCrueldade #NãoATestesComAnimais




Video 01:

Video 02:

A morte
Os sensores implantados em Laika mostraram que, durante o lançamento, o ritmo do batimento cardíaco da cadelinha aumentou muito, ficando três vezes acima do batimento em estado de repouso.

Demorou três vezes mais tempo para o pulso voltar aos níveis pré-lançamento do que tempo registrado em testes centrífugos feitos com ela antes do lançamento - um indicador do alto grau de stress sofrido por Laika no trajeto ao espaço.

Sensores de temperatura mostraram que a umidade e temperatura da cápsula onde o cachorro estava aumentaram pouco após o início da missão. A temperatura chegou a ultrapassar 40 graus.

Seis horas depois da decolagem, os sensores registraram a parada cardíaca de Laika. Estava claro que a cadelinha havia morrido em decorrência do superaquecimento da cabine e do stress.

O satélite com o corpo de Laika fez 2.370 voltas em órbita e pegou fogo ao entrar na atmosfera em 14 de abril de 1958.