terça-feira, 24 de abril de 2018

Desde filhotinho ele se sentia amado...era o centro das atenções não por ser de raça,mas por possuir um carisma incrível,que cativava a todos por onde passava. Adorava passear de carro com sua família.Brincava no parque com seus amigos peludos.Comia ração super premium,vacinas em dia e viajava com seus pais humanos nas férias. Daí a "mamãe" ,que fez um tratamento sério para engravidar, obteve êxito e um casalzinho de gêmeos começou a crescer na barriguinha dela. 

E o Léo foi sendo negligenciado,ficando de lado e o papai,mesmo dizendo que o amava,achou melhor entregá-lo para adoção,pois não teriam mais tempo para ele. A mamãe ficou triste,mas não interferiu na decisão. Este foi o último dia em que Léo "passeou" de carro com sua família....dia em que foi entregue para sua nova tutora! Não precisa de muita sensibilidade para ver a tristeza e decepção nesses olhinhos! 

 FONTE: GOOGLE