segunda-feira, 31 de julho de 2017

Após quase dois anos, cão continua 'esperando' por dono que morreu em hospital.

Após quase dois anos, cão continua 'esperando' por dono que morreu em hospital.

Negão ainda corre para o porta do pronto-socorro cada vez que escuta uma ambulância se aproximar. O cão, que ficou conhecido há um ano por 'esperar' pelo dono que morreu em novembro de 2015 no Hospital Ruth Cardoso, em Balneário Camboriú, no Litoral Norte de Santa Catarina, continua no pátio da unidade, como mostrou a reportagem do Jornal do Almoço, que foi até o local no sábado (29). O cachorro ainda corre para o porta do pronto-socorro cada vez que escuta uma ambulância se aproximar. LEALDADE E AMOR. né?