quarta-feira, 1 de março de 2017

Banhista chama polícia para tirar cão-guia de turista cega da praia em SC e gera tumulto

Ocorreu ontem (28), um fato muito triste entre uma banhista e um cão guia nas praias de Santa Catarina. Uma banhista incomodada com a presença do cão-guia, chamou a brigada para retirada do animal do local.

Confira na íntegra a reportagem da Gaúcha:

E lembrando a todos o que diz a lei:
- Cães-guias têm o direito de ingressar e permanecer em todos os locais públicos ou privados de uso coletivo;
- Treinados e escolhidos a dedo, cães-guias são dóceis e não precisam usar focinheira;
- Qualquer tentativa de impedir ou dificultar o acesso de um cão-guia é ilegal e ato de discriminação; 
- Ou usuário ou o socializador de cão-guia têm direito de mantê-lo em casa, independente de regras de condomínio;
- O cão-guia só não pode entrar em locais esterilizados em hospitais, como centros cirúrgicos e UTIs, além de áreas de manipulação e processamento de alimentos.